Mais uma vez Ferrari?!

Pouco importa o resultado da corrida de ontem na Alemanha.

Essa etapa ficará para sempre lembrada pela patacoada (mais uma) da Ferrari.

Coisa feia.

Tudo errado, vergonhoso.

A decisão, o teatrinho, a equipe, os pilotos...

O caso ainda será julgado. Massa e Alonso podem ser desclassificados.

Tomara.

Mas por enquanto só uma multa de 100 mil dólares, que basicamente é o cafezinho da Ferrari.

O mais prejudicado dessa história foi Felipe Massa.

Ganhou ontem uma fama que vai persegui-lo por muito tempo.

Barrichello, que pelo menos chorava e esperneava quando tinha que dar passagem, disse: “Quero ver direito a corrida para ver o que aconteceu, mas se houve isso mesmo, é tudo aquilo que eu já conheço. Isso é muito ruim para o esporte”.

Massa perdeu a chance de virar um herói mundial ontem.

Era só ter dito: “Não. Quer ultrapassar? Então tenta!”

Poderia perder o emprego no final do ano, mas pelo menos não teria que subir com aquela cara no pódio.

Fernando Alonso provou que é um tremendo cara-de-pau, deveria ter vergonha.

A Red Bull já viu seus dois pilotos baterem um no outro esse ano. O chefe de equipe, Christian Horner, falou que “é uma grande vergonha para a Fórmula 1 que uma corrida tenha sido manipulada para dar a um piloto a vitória sobre outro.”

A McLaren já flagrou também uma disputa interna limpa e de verdade na pista em 2010.

Mas a Ferrari pisou na bola de novo.

Fora o pessoal da Ferrari, só um piloto saiu em defesa do maldito jogo de equipe.

Advinha quem?

Michael Schumacher, é claro, que afirmou: “A princípio eu sempre aceito totalmente as ordens do time. Há só uma meta: faturar o título”.

No domingo a Fórmula 1 está de volta.

Será o GP da Hungria.

E todo mundo já sabe qual será o assunto do final de semana.

Via Roda Presa.

Posted Postado por Felipe em , , , Comments 0 vagas comentaram

26 de jul de 2010